História, Arte e Cultura da Água

O Gabinete História, Arte e Cultura da Águaconsiste num grupo de investigação e de divulgação, integrado no Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (CLEPUL) e no seu polo da Universidade Aberta, através da Cátedra Infante Dom Henrique para os Estudos Insulares Atlânticos e a Globalização.

 

A água é um dos elementos essenciais para a vida humana, sendo, como tal, desde os primórdios da humanidade, referida em diversos documentos.

A água, através dos seus objetos (aquamamil, fontanários, fontes, canais, diques, entre outros) e das suas representações, assumiu uma componente estratégica e preponderante para a compreensão da sua importância, ao longo do processo civilizacional.

Numa perspetiva histórico-artística, pode dizer-se que a água surge, primeiramente, como tema e, só depois, como material integrante da obra, sendo frequente, na pintura e na escultura, estar representada através de imagens simbólicas e alegóricas.

 

Este grupo, dedicado ao estudo da história, arte e cultura da água em Portugal, da época medieval até à época moderna (do século XIII ao século XVIII), tem os seguintes objetivos:

 

  • promover a investigação científica, através da apresentação de propostas de projetos de investigação (individuais ou coletivos) multidisciplinares relacionados com a história, arte e cultura da água;
  • divulgar os resultados das investigações através da publicação em revistas científicas, nacionais e internacionais;
  • fomentar o contacto com investigadores nacionais e internacionais que trabalhem temas similares, para estimular o trabalho em rede;
  • desenvolver ações de promoção e de divulgação do trabalho realizado;
  • criar uma ligação sólida com as instituições nacionais que tutelam o património, possibilitando que o conhecimento resultante das investigações de âmbito académico possa ser aplicado no terreno, aquando das obras de conservação e restauro dos edifícios e de todo o património hidráulico edificado, nas suas atividades técnicas e nos seus eventos;
  • prestar serviços de consultoria para o desenvolvimento de projetos de investigação e de valorização patrimonial;
  • apoiar a realização de trabalhos académicos (desenvolvidos no âmbito do mestrado, doutoramento e pós-doutoramento) de investigadores da Universidade de Lisboa e de outras instituições;
  • realizar ações de divulgação e de formação destinadas ao público em geral e especializado, através da organização e da participação em eventos científicos (nacionais e estrangeiros) – colóquios, workshops, seminários, cursos livres –, bem como do desenvolvimento de produtos multimédia e da preparação de visitas de estudo ou de roteiros temáticos.

 

Projetos e resultados previstos até 2020

Os projetos deste Gabinete, a realizar entre 2017 e 2020, decorrem da dissertação de mestrado, intitulada As Gárgulas do Mosteiro de Santa Maria da Vitória. Função e forma, apresentada à Universidade de Lisboa, em 2008, e da tese de doutoramento O sistema hidráulico na arquitetura sacra gótica portuguesa. Séculos XIII a XVI, apresentada à mesma Universidade, no ano de 2016. De igual modo, potenciam-se as relações já estabelecidas com os investigadores europeus no âmbito do projeto, financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian, A Água no Palácio de Mafra: Olhares sobre 300 anos de História. Conceitos preliminares.

 

Coordenadora: Ana Patrícia Alho

Coordenadora-adjunta: Patrícia Monteiro

 

Investigadores:

Dolores Herrero Ferrio

Isabel Moreira Ribeiro

Marjolaine Charles

 

Consultores:

Fernando Grilo

José Manuel Mascarenhas

José Matos Silva